Durante Assembleia Geral realizada nesta terça-feira, 5, servidores da prefeitura de Goiânia e representantes do Sindigoiânia e das setoriais decidiram realizar paralisações pontuais a partir desta quarta-feira,6.

 

A paralisação vai começar pela Secretaria de Infraestrutura.

Devem ser prejudicados importantes serviços como terraplanagem, limpeza de bocas de lobo, operação tapa-buracos e serviços de obras em unidades públicas.

Segundo Ronaldo Gonzaga, o motivo que levou a decisão é a falta de definição pela prefeitura da pauta dos servidores.

A categoria está sem data-base, sem progressões, sem os 30% do adicional dos auxiliares de atividades educativas e não consegui o piso nacional do professores.